23/03/2015

Resenha - Uma vida para sempre

Olá pessoal, tudo bem?
A Resenha de hoje é sobre um livro que deixou meu coração bem apertadinho, pequeno, em pedaços, são muitas descrições para poucas palavras existentes. O Livro foi cedido pela autora, uma fofa por sinal, veio com marcador de página e uma dedicatória que sempre paro uma hora do dia para ler e gravar a frase. Um dos brindes do sorteio que estou preparando é esse livro e vamos deixar de enrolação, simbora pra resenha!

Título: Uma vida para Sempre
Autora: Simone Taietti
Número de páginas: 351 - Skoob do Livro 
Preço: R$ 27,90
Editora: Talentos da Literatura Brasileira - Novo Século
Gênero: Romance, Drama;
Onde Comprar: Saraiva - Amazon - Submarino - Americanas
Sinopse: Ethel diz estar morrendo. Contudo, não afirma isso apenas em razão de sua doença. Talvez a única certeza de nossa existência seja a morte, o fato de que ela chega para todos. Mas nem por isso deixa de ser a maior incógnita da vida. Em um hospital, em meio à dor das histórias dos pacientes, Ethel encontrou amigos. Entre passeios em cemitérios, frequentando velórios e enterros de estranhos, ela tenta preparar a si e aqueles que ama, para o que parece estar ali tão próximo, o fim. Entretanto, não esperava enfrentar algumas surpresas que a fizessem duvidar de tal preparação. As estatísticas ruins, a inexorável passagem do tempo. Onde reside a lógica disso que nos arranca pedaços, da súbita inexistência do que outrora era vívido e pulsante? Um corpo que jaz. Palavras que se perdem. A finitude de tudo o que é tão belo talvez seja a maior dor do mundo. Uma vida para sempre é um compilado de desejos, pensamentos e dias. Quanto dura o para sempre? Ethel descobriu.


É engraçado como a mentira parece mais plausível às vezes.


Ethel é um adolescente de 17 anos e foi adota aos três meses de idade. Apaixonada por livros de Machado de Assis e história mundial, Ethel é portadora de CIPA, sigla em inglês para Insensibilidade Congênita à Dor com Anidrose, ou seja ela não sente dor. Quando era pequena, sua mãe colocava um óculos de natação para ela sai nas ruas, seus dentes haviam sido todos arrancados logo que nasceram, pois uma vezes que ela não fizesse isso ou machucaria os olhos ou mutilaria sua própria língua. Seu corpo era incapaz de sentir dor, então sempre que algo acontecia  mesmo que seja um queda minúscula, a primeira coisa a ser feita era ir ao hospital. Ethel vivia no hospital, sua vida era o hospital. Todos os amigos de Ethel ela havia conhecido no hospital, ela adorava visitar aquele lugar e também enterros. Como previa que em breve morreria, ela começou a frequenta cemitérios e enterros de desconhecidos com o proposito de aceitar a morte e percebe-la de uma maneira diferente, tentar preparar a si mesma e aqueles que ama, porém não foi assim que aconteceu. Entre idas e vindas do hospital, após perder seu amigo Max, ela conhece Vitor, o garoto que faria ela enxergar tudo de outra forma. 

Ele era outro grande adepto das palavras: "Tudo vai ficar bem". E eu até acreditava.

A primeira vista, ela achou que Vitor seria um garoto "normal" mas não era, Vitor era portador de Leucemia Mieloide Aguda, que após ter passado por um tratamento intenso, a doença estava controlada, contudo, ele precisaria se internar para fazer um transplante autólogo de medula óssea. Quando ele é internado, pede para Ethel visita-lo e eles começam uma amizade no qual começa a crescer e se tornar algo maior que ambos esperavam. Mas o que ela não sabia era que Vitor lutava pela Leucemia a mais de seis anos e suas estatísticas de vida estava cada vez menores, foi ai que ela descobriu quanto dura o para sempre.

-Fazer o quê? Eu gosto das garotas malvadas. - E continuou me encarando. Oh, meu Deus, eu estava enxergando bem? Era malícia aquilo? Oh, meu Deus! Ele não desviou o olhar. Enrubesci. Senti meu rosto queimar. Falar alguma coisa... fala alguma coisa!

Esse, sem dúvidas, foi o livro que mais me surpreendeu. Com um toque sarcástico, engraçado e realista, a autora traz a morte como algo a ser visto de outra forma. Na pele da Ethel, você percebe que nem todos tem direito de escolha sobre suas vidas, que a morte é algo que vai acontecer e as pessoas precisam estar preparadas para tal ato. Romance é um lado bastante forte no livro, e doloroso também. Com passagens de passeios belíssimos e episódios de "ataque" da doença do Vitor, você começa a acredita que talvez exista uma solução e reza para que aconteça algo, e os dois assim possam ficar juntos. 

-Quero saber o porquê de você estar aqui,  mesmo sabendo o que vai acontecer. 
-Seus pais estão me pagando - afirmei
-Eu desconfiava desde o princípio - ele sorriu

Sem dar spolier, o livro me lembrou muito A culpa é das estrelas e vou explicar: Assim como Hazel, a Ethel acredita que vai morrer e é depressiva com tudo, não ver possibilidade de vida. Já o Vitor é como o Gus, sempre sorridente e otimista. Hazel e Gus, ambos são portadores de doença. Ethel e Vitor também. Contudo, o livro tem algo único. Diferente de ACEDE, os papeis da história se invertem e o final dela também. Você passa o livro todo achando algo, para no final seu coração se diminui em pedaços. Confesso que quando eu vi o título, a capa e a sinopse, não esperava nada menos que ficar com o coração apertado ao decorrer da leitura. A Ethel passa a ser o Gus e o Vitor a Hazel, mas a única coisa igual é que o mais debilitado ainda é o Vitor. Pelo menos era o que eles achavam e eu também achava. A autora simplesmente mescla romance, morte, esperança e doenças, tudo em um livro só.  És a pergunta que não quer calar, como esse livro não virou um best-seller? Sério, eu ainda não consigo entender. Também acho que nunca mais pensarei sobre certos assuntos após a leitura desse livro. 

E para você, quanto dura o seu para sempre?

30 comentários:

  1. Oiii
    Acho que é impossivel não amar esse livro né?
    Fechei parceria com a Simone em Dezembro e comecei a ler o livro em Janeiro e realmente foi um dos melhores livros que li esse ano e um dos melhores nacionais que li até hj.

    É vc deu spoiler kkkkk Também me surpreendi com o final, quando eu li fiquei tipo assim :o "O que?" foi a mesma reação quando li ACEDE.
    Fiz a resenha do livro no blog e tmbm foi impossível não compara-lo com ACEDE, são realmente muito parecidos... Gosteii muitoo da sua resenha, eu ameiii tmbm essa coisa dela "brincar" com o tema morte, adoreii as curiosidades no inicio de cada capitulo. Amei tudo.

    Beijos

    TAG conhecendo o leitor

    Coleções Literárias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher, eu fiz de tudo para não dar spoiler mas foi impossível não compara-lo a ACEDE mesmo! Eu vi sua resenha e amei, você fez em vídeo e ficou super fofo! A Simone é uma das autoras mais simpáticas que já conheci e realmente é um dos melhores livros nacionais a ser lido! Espero que ela escreva mais livros, estou apaixonada pela escrita dela!
      ps: amo seu blog <3

      Excluir
  2. Não gosto desses estilos literários, mas independente disso admiro qualquer pessoa que seja fã de livros, eu mesma sou, mas não leio nada que me tire do meu foco, só de vez em quando.
    Blog Com Mãos de seda / Fan Page do Blog / Grupo do Blog

    ResponderExcluir
  3. oi
    muito interessante o livro. como estou sem tempo pra leitura, fico triste, pois ele me chamou muito a atenção.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. ai que tudo,vai ser meu próximo livro a ser lido com toda certeza...
    bjs amei seu blog lindoo

    ResponderExcluir
  5. Eu não sou muito fã desse tipo de história, mais amei a indicação de literatura.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  6. Esse tipo de história vai sempre me lembrar A culpa é das estrelas, por ter sido o primeiro do gênero que li é meio impossível eu não relacionar kkk por isso o livro não me atrai, mas achei super interessante ser um livro nacional, eu não o conhecia. Mas fico feliz que vc tenha gostado tanto da leitura, eu queria ter mais tempo e mais disposição para ler mais, são tantos livros que desejo kkkk enfim, uma hora eu chego lá. Gostei da resenha, vc se expressa super bem, bjos

    ResponderExcluir
  7. Adoro esse tipo de história, ando paradinha com meus livros, mas em breve vou voltar!

    ResponderExcluir
  8. adoro suas dicas de livros, sempre me deixam curiosa beijos www.mariababona.com.br

    ResponderExcluir
  9. Desde que comecei a ler a resenha já me veio a mente o romance do livro a culpa é das estrelas.
    Mas fiquei muito curiosa pelo fim dessa historia, porque podem ter pontos em comum, mas claro que o fim deve ser bem diferente.
    Sua resenha me deixou louca para ler o livro!
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha,
    o bom de um relacionamento
    com pessoas totalmente diferente é isso
    um completa o outro
    e vão se ajudando

    Lindo Dia!!
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas

    ResponderExcluir
  11. Adorei sua resenha , ainda não conhecia o livro e gostei muito da história , fiquei com vontade de ler rsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Que interessante esse livro.
    Nos mostra uma outra realidade né?
    gostei da sua resenha, muito bem escrita
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Este livro parece ser muito legal, se a resenha já me envolveu, imagine a história toda...
    Beijos

    Little Bit of Glamour

    ResponderExcluir
  14. Nossa que história.. o legal desse tipo de livro é que nos ensina e nos dar um maior conhecimento sobre tanta doença que nem sequer fazemos ideia de que exista. Porem eu prefiro leituras menos dolorosas essa com certeza me deixaria triste e pensativa. Prefiro outro tipo de leitura.
    Bjão,
    Pri
    www.pareinos25.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Luanna adoro histórias assim! Já li outros nesse estilo, e são otimos pra reflexão e ver como cada um lida com sua própria dor...arrasou na resenha Lú podia ficar aqui lendo mais...hehehe
    Beijinhos :*
    www.estiloaqualquercusto.com

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha, super envolvente..
    Não tenho costume de ler, mas este eu me interessei. Bjokas
    http://docemell20.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Gosto muito das suas resenhas, muitas vezes fico com vontade de ler os livros, este como muitos outros aqui citados eu não conhecia, gosto de livros assim que nos fazer realmente pensar e não somente visualizar a história.

    Bjos Alê Leca/Alê e suas Singularidades
    http://aleesuassingularidades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Estava procurando algo para ler, gostei muito da dica!!!
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  19. Eu li o livro " A Culpas é das Estrelas" me emocionei muito e lendo a sinopse como também o começo da sua resenha lembrei desse livro de John Green.
    Eu preciso ler esse livro, pois é uma história bem envolvente do jeito que gosto.

    Blog Make-Lovers| Fan Page | Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua resenha e ja fiquei com votnade de ler!! Adoro livros assim! me envolvo e me emociono muito.
      Beijos

      Excluir
  20. Ainda não conhecia esse livro, mas amo saber de novos títulos e histórias diferentes. Gostei muito da sua resenha, vou dar uma olhada na livraria da minha cidade e ver se encontro. Beijos, Érika

    www.queroseralice.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oolha amei a sinopse e sua resenha, de verdade, estou encantada, um livro tão barato e com conteúdo muito bom e instigante. Vou comprar ctza. hehe
    Beijocas <3
    WalMontani.com

    ResponderExcluir
  22. Esse livro é muito bom mesmo tem um final surpreendente, eu adorei ele.
    São poucos livros nacionais que me chamam a atenção como esse livro.
    bjcas
    http://www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Nossa, impossível não sentir tudo isso que você descreveu no início do post né. Eu só lendo o seu resumo e resenha já fiquei emocionada e super interessada. Vou procurar ele na livraria da faculdade.
    Beeeijos
    www.carolinagaspars.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Ultimamente não tenho lido muito, mas gosto de romance.
    Já tinha visto a capa do livro em algum lugar. kkk
    Parabéns pela resenha. Bjão

    www.blogdajeu.com.br

    ResponderExcluir
  25. Necessito desse livro..
    Amo livos de romance..
    Beijos
    Ps: Amei a resenha!

    ResponderExcluir
  26. Hmm..adoro ler livross, e esse parece ser otimo em ?
    Quero conhece-lo
    Susseco ao blog :-)) :-))
    #megaBeijoss
    Drykafreire.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Olá!
    Agora que deu mais vontade mesmo de ler esse livro!!!!!
    Vou colocar na listinha dos desejos, kkkk
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir